A gente da cultura: Trump e Obama.

A intelligentsia norte-americana está em guerra aberta com Trump. Na Europa, alguns classificam essa intelligentsia, escritores, artistas das artes visuais, teatro e cinema, músicos, como de esquerda, sabendo bem de mais que a grande maioria são liberais com muito pouco de esquerda. Fazem bem em invectivarem Trump um reacionário proto-fascista, com tiques de caudilho […] via…

Matrix, o Filme: Mitologia Contemporânea e Mistificação Ontológica

O irracionalismo (a mitologia contemporânea) redobram-se:a) a mistificação da Nova Ordem Mundial na forma duma teoria de conspiração pelo poder maçónico-judaico dos Illuminati (sociedade secreta de mações que comanda os movimentos e agentes políticos mais importantes manobrando para impor uma Nova Ordem Mundial) como maneira de desviar a atenção dos indignados e ofendidos para a luta…

Aleksandr Rodschenko (1891-1956) – O Modelo do Artista Soviético

Artista plástico, escultor, fotógrafo e desenhador gráfico russo. Um dos fundadores do construtivismo russo e  do desenho moderno russo. Rodchenko é uma figura central no panorama das vanguardas artísticas, um dos máximos expoentes da vanguarda soviética dos anos 20 e 30 e da arte do século XX em geral.  Como muitos, na década de 30…

Kurt Cobain Morreu.

  Dizem-me que faz hoje anos que Kurt Cobain faleceu. Lembram-se? Aquele… Quero lá saber.  Estou muito bem fora das modas, já que tanto o antigo como o moderno não são muito conhecidos, com o meu Bach, Mozart, Ligety, Nono, além da verdadeira música popular americana, europeia, portuguesa, que já ninguém sabe o que é.  Dizem-me também, no…

Laurie Rojas – Confronting the “death” of art criticism

Confronting the “death” of art criticism 2 Laurie Rojas . Introduction . The crisis of art criticism is undeniable. Rigor, commitment, narrative, and judgment have become dirty, antiquarian, even authoritarian words. Art criticism has almost disappeared from newspaper columns. Historical awareness of the discipline fades further with every new online journal or blog. Art criticism with…

Mozart – Requiem – Cecilia Bartoli – George Solti 1991

Tão magnificente, solene, autêntica e enraizada nos grandes e fundamentais mistérios do Ser e da vida humana – que não pode deixar indiferente os próprios ateus como eu. A grandiosidade sublime da catedral gótica, a pureza da voz de Cecilia Bartoli (juntamente com os outros cantores) e a mestria e a segurança no jogo viril dos…

Mário Palma – Um Artista do Anonimato

  O artista Mário Palma estreou há poucas semanas (num recato de mosteiro a contrastar com o sentido da sua obra em digressão) uma instalação – Matrix – na igreja do mosteiro da Flor da Rosa no Crato. Não há imagens disponíveis. Uma espécie de anonimato define a obra, que se quer itinerante. Itinerário que, por…