A gente da cultura: Trump e Obama.

A intelligentsia norte-americana está em guerra aberta com Trump. Na Europa, alguns classificam essa intelligentsia, escritores, artistas das artes visuais, teatro e cinema, músicos, como de esquerda, sabendo bem de mais que a grande maioria são liberais com muito pouco de esquerda. Fazem bem em invectivarem Trump um reacionário proto-fascista, com tiques de caudilho […] via…

Matrix, o Filme: Mitologia Contemporânea e Mistificação Ontológica

O irracionalismo (a mitologia contemporânea) redobram-se:a) a mistificação da Nova Ordem Mundial na forma duma teoria de conspiração pelo poder maçónico-judaico dos Illuminati (sociedade secreta de mações que comanda os movimentos e agentes políticos mais importantes manobrando para impor uma Nova Ordem Mundial) como maneira de desviar a atenção dos indignados e ofendidos para a luta…

Matrix, o Filme: Mistificação à Hollywood

O irracionalismo (a mitologia contemporânea) redobram-se: a) a mistificação da Nova Ordem Mundial na forma duma teoria de conspiração pelo poder maçónico-judaico dos Illuminati (sociedade secreta de mações que comanda os movimentos e agentes políticos mais importantes manobrando para impor uma Nova Ordem Mundial) como maneira de desviar a atenção dos indignados e ofendidos para…

Ídolos Pop: de Madonna ao Presente – Prostitutas?

Se fazer do próprio corpo uma mercadoria, mesmo que esta seja uma imagem, que se vende junto com a música, então não será que as estrelas pop, que são os ídolos dos adolescentes actuais, são prostitutas? Madonna é a mãe delas: Miley Cirus, Rihanna, Beyoncé, Gaga, Aguillera, Spears e as outras que andam por aí….

Mísseis Contra a Rússia

O facto de as pessoas que espumam da boca à vista de uma guerra contra a Rússia não parecerem assim tão básicas reside no processo de racionalização a que tiveram que sujeitar as suas fantasias de infância e de adolescência, porque, ao se confrontarem com as contradições e problemas reais e ao terem que se…

A Mulher de Barbas Vence o Festival da Eurovisão

  Há valores que não entendo em certas pessoas de esquerda, que parecem trocar de lugar com a direita. Antes era uma esquerda nocturna de hábitos horários mas luminosa de subversiva alegria, que não fazia por chocar mas tão somente viver em desacordo com os padrões morais, de gosto e de beleza dominantes, hipocritamente burgueses. …

Graffitis no Porto ou a Decadência do Gosto e da Estética Urbana

Lê-se em o público.pt de hoje, escrito por um ignorante de serviço, tão grosseiro como o presidente Rui Moreira, que nem tem capacidade para ter vergonha de não saber apresentar à cidade obras com o gosto que já teve a burguesia de antigamente (pois não é o garoto que esborratou aquilo que deveria ser preso…