Prova áudio: John Kerry confirma em privado apoiar e armar o Daesh (EI)

wp-jew-whores-pimp-invasion-of-syria

Prova áudio: John Kerry confirma em privado apoiar e armar o Daesh (EI)REDE VOLTAIRE | 15 DE JANEIRO DE 2017

OThe New York Times publicou a 30 de Setembro de 2016 trechos de gravação de áudio de uma conversa entre o Secretário de Estado, John Kerry, e membros da «oposição» síria [1]. A conversa teve lugar a 22 de Setembro de 2016, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas. Pode-se ouvi-lo aí deplorar que o Congresso dos EUA recusa enviar homens para derrubar a República Árabe Síria e aconselhar aos da «oposição» que encontrem uma outra potência militar para fazer o trabalho no seu lugar e assim levá-los ao poder.

Os excertos escolhidos pelo New York Times deixavam entender que o Departamento de Estado não podia apoiar mais a Coligação Nacional da Oposição e pedia-lhe para se virar para outros patrocinadores.

A gravação completa de 36 minutos foi difundida, a 1 de Janeiro de 2017, pelo The Last Refuge [2]. Ela muda completamente o sentido da conversa e atesta, por conseguinte, que os excertos inicialmente escolhidos pelo New York Times visavam, na realidade, não comprometer a Administração Obama mas, antes, protegê-la.

Na gravação completa, ouve-se o Secretário de Estado
– confirmar que o objetivo estratégico da guerra conduzida, desde 2011, pela Administração Obama contra a República Árabe Síria é o de derrubar o regime.
– confirmar que a Administração Obama esperava que o Daesh(E.I.) fosse capaz de derrubar no seu lugar a República Árabe Síria.
– confirmar que a Administração Obama aprovisionou o Daesh em armas para que ele derrube a República Árabe Síria.

Esta gravação coloca um fim no mito da pretensa revolução síria, assim como no da luta do Ocidente contra o Daesh (E.I.). Ela permite compreender melhor as tensões no seio da Administração Obama e a demissão do General Michael Flynn. Segundo o Direito Internacional, o apoio ao Daesh viola várias resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas e constitui um crime contra a Humanidade.

Tradução
Alva
Facebook Twitter Delicious Seenthis Digg RSS
[1] “Audio Reveals What John Kerry Told Syrians Behind Closed Doors” («Gravação Áudio Revela o Que John Kerry Disse aos Sírios à Porta Fechada»- ndT), Anne Barnard, The New York Times, September 30, 2016.

[2] “Absolutely Stunning – Leaked Audio of Secretary Kerry Reveals President Obama Intentionally Allowed Rise of ISIS…” («Absolutamente Espantoso – Áudio Revelado do Secretário Kerry Mostra que o Presidente Obama Intencionalmente Permitiu a Ascenção do Daesh…»- ndT), The Last Refuge (The Conservative Tree House), January 1, 2017.

Anúncios