Luaty Beirão e Georges Soros (Pravda-Ilhéu)

As estranhas coincidências do caso “Luaty Beirão” com o Magnata George Soros, o principal financiador de golpes de estado e de partidos políticos por todo o mundo.

 

Começamos desde já por explicar, que não nos revemos no actual modelo de governação de José Eduardo dos Santos devido à corrupção, mas também não podendo esquecer que o MPLA e Jose Eduardo dos santos têm ganho as eleições angolanas, sendo estas supervisionadas por entidades estrangeiras, conferindo assim total legitimidade ao governo Angolano.

 

 

Nas eleições de 2012 O chefe da missão de observadores da União Africana que acompanhou as eleições, o antigo presidente cabo-verdiano Pedro Pires, considerou que a organização do escrutínio foi “satisfatória”.

 

 

 

Assumimos também a nossa intransigente defesa pelos direitos humanos, quando se trata de direitos humanos reais, e não de um pretexto para uma intervenção militar, (Iraque, Libia, etc…) ou um qualquer golpe de estado, com o propósito de favorecer a elite imperialista como tão bem, e infelizmente o povo Africano conhece.

 

 

Agradecemos que, antes de começarem qualquer ataque, façam o favor de ler na íntegra. Tudo o que aqui expomos, é comprovado nos links que fornecemos.

 

 

Aceitamos todas as opiniões, no entanto tudo o que aqui iremos referir de seguida, é devidamente fundamentado, e sugerimos a todos a fazerem a vossa própria investigação. É uma regra fundamental numa altura em que todos já percebemos o quanto a comunicação social é manipuladora, começarmos sempre por pensar que, se a comunicação social nos bombardeia com uma ideia devemos sempre investigar por nós próprios para podermos discutir fundamentadamente.

 

 

A investigação que os administradores desta página (Acordar Portugal) efectuaram tem como único e simples objectivo mostrar a perspectiva real do que se passa com a situação em Angola, e dessa forma tentar entender o porquê da nossa comunicação social corporativa (e não só) estar tão empenhada em influenciar a opinião publica.

 

 

Em Angola o caso Luaty Beirão é nitidamente uma tentativa de GOLPE DE ESTADO financiado pelo magnata George Soros e pela CIA, com o objectivo único, não de fomentar mais e melhor democracia, mas sim para terem acesso às riquezas do país como o Petróleo e os diamantes, Causar uma nova “primavera Arabe” com consequências nefastas tal como temos vindo a conhecer, na líbia, síria, Iraque, etc…

 

 

 

1- George Soros.

 

 

Para se entender tudo, é preciso saber quem é George Soros..

 

 

George Soros é um magnata Húngaro-Americano que em 2012, era o 22º homem mais rico do mundo, com interesses em vários negócios, entre os quais Petróleo e Diamantes.

 

 

George Soros é reconhecido internacionalmente como um dos maiores financiadores de golpes em vários países da América Latina, Africa, Europa e Ásia foi por exemplo um dos principais financiadores dos grupos de extrema direita em Maidan na Ucrânia.

 

 

 

 

 

George soros através das suas fundações (ONG´s) procura derrubar os governos africanos e aproveitar os recursos naturais, em nome da luta contra a “tirania e a corrupção.”

 

 

Link de extrema importância em ser lido: http://archive.larouchepac.com/node/6584/print

 

 

George Soros que fez muito da sua fortuna com a especulação financeira financiou o Syriza e o podemos, por forma a destabilizar ainda mais o Euro, e assim aumentar ainda mais a sua fortuna.

 

 

Link sobre o financiamento do Podemos e do syriza pelo George soros:

 

 

 

 

 

 

 

Link sobre reuniões entre funcionários de George Soros e funcionários do Syriza: http://hellasfrappe.blogspot.pt/2015/03/busted-secret-meetings-between-syriza.html

 

 

 

2 – Sobre Luaty Beirão.

 

 

A comunicação social tem feito enorme propaganda referindo de forma ligeira e manipuladora que Luaty Beirão e seus cúmplices, apenas eram meros contestadores do regime angolano e que eles simplesmente liam um livro.

 

 

À primeira partida, não parece ser motivo para as medidas tão “duras” por parte do governo Angolano. Mas nunca nos foi explicado qual o livro e o que se passava para além disso.

 

 

O livro de Gene Sharp é um manual de como derrubar governos e tem sido utilizado e disponibilizado pela CIA para causar o Caos das “primaveras árabes” o golpe de estado na Ucrânia, Libia Etc…

 

 

Em algumas dessas reuniões foi gravado por um agente das secretas, onde se falam de 100 milhões de dólares de financiamento exterior para preparar o golpe, vídeo esse que aqui deixamos o link:https://www.youtube.com/watch?feature=share&v=YC7jsimNZ74&app=desktop

 

 

Video que explicam como funcionam os golpes segundo o próprio Gene Sharp:

 

 

 

Ex-agente duplo, explica como a CIA usa o livro de Gene Sharp para derrubar governos:http://www.sul21.com.br/jornal/ex-agente-duplo-conta-como-a-cia-promove-guerras-nao-violentas-para-implodir-governos/

 

 

2- A projecção mediática deste caso tem sido principalmente por um jornal MAKA ANGOLA, propriedade do jornalista Rafael Marques, é oficialmente (ex) funcionário de George Soros.

 

 

Jornal este que tem sido subsidiado pela CIA, camuflada em Angola por uma ONG que existe em praticamente todos os países que têm sido alvo de golpes de estado com ingerência dos EUA.

 

 

Estranhamos o facto de o Esquerda.Net (canal de comunicação do Bloco de Esquerda) ter como referência informativa e reunir com o agente financiado por George soros e pela CIA em Angola, Rafael Marques.

 

 

 

 

 

 

 

 

Noticia sobre a Russia ter expulso a ONG, por esta agir como base da CIA: http://www.globalresearch.ca/why-russia-shut-down-national-endowment-for-democracy-ned-fronts/5466119

 

 

Link sobre o papel da ONG financiar e apoiar a extrema direita Venezuela na tentativa de derrubar o governo bolivariano (recordamos que Venezuela é o maior produtor de Petroleo da America Latina:http://www.counterpunch.org/2014/04/25/the-dirty-hand-of-the-national-endowment-for-democracy-in-venezuela/

 

 

 

 

 

3- No caso do Bloco de esquerda, vamos deixar por pontos algumas dúvidas.

 

 

a) Porque motivo Bloco está tão interessado no caso de Luaty Beirão e por exemplo ignora completamente a situação em Espanha, (aqui mesmo ao nosso lado) em que por exemplo o Rapper Pablo Hásel foi condenado a 2 anos de prisão por simplesmente escrever e publicar na internet uma música?

 

 

 

 

b) Desconhecerá o bloco de esquerda as ligações de Rafael Marques a George Soros, ao ponto de o ter como única fonte de informação em Angola, e reunir com o agente da CIA/Soros?

 

 

 

 

Link: no Google que mostra que tudo o que o bloco noticia no seu site esquerda.net tem unicamente como fonte de informação Rafael Marques:https://www.google.pt/?gws_rd=ssl#q=Rafael+Marques+esquerda.net

 

 

c) Desconhecerá o Bloco de Esquerda os encontros e relações de George Soros com o Syriza e o Podemos? Será assim tão mais fácil qualquer um de nós chegar a essa informação, e os dirigentes do bloco não?

 

 

d) Porque motivo a nível de internacional, o bloco está sempre do lado mais conveniente ou que interessa a George Soros?

 

 

1- O golpe de estado na Ucrânia financiado por George Soros, o bloco de esquerda afirmava que o problema da Ucrânia era uma oligarquia corrupta, subjugada à ingerência Russa, defendendo assim, inicialmente o golpe de Maidan, que após a sua concretização, o bloco parece que mudou de opinião. “do fim do mal estar feito…”

 

 

Ou como o bloco quis caracterizar “Do lado da Maidan: Foi um movimento popular, desafiante para todos os partidos por causa dos seus próprios métodos, que fez cair Ianukovitch: mais do que por causa da Europa, a Maidan mobilizou-se massivamente contra a “família” dominante, oligárquica e contra o curso cada vez mais repressivo e personalista do regime, temendo-se que uma integração dos projetos de Putin agrave estas derivas.”

 

 

 

 

2- A agressão militar à Líbia que o bloco votou favoravelmente com os votos de Marisa Matias, Rui Tavares e Miguel Portas e que mais uma vez o magnata George soros estava por de trás.

 

 

 

 

Link de um artigo sobre o envolvimento de George soros na Libia: http://www.wnd.com/2011/03/278685/

 

 

Nota final:

 

 

Não pretendemos com isto acusar o bloco de esquerda de nada, apenas estamos a fazer uma constatação de estranhas coincidências, cada um faça a sua própria análise…

 

 

 

Para concluir, quem concordar com a intervenção militar no Iraque, na Libia, ou com o Golpe na Ucrânia por exemplo, então que defenda a tentativa de golpe de estado em Angola. Quem estiver contra estes golpes só pode estar contra. Pois os métodos são idênticos, pagos pelas mesmas agências, exactamente com os mesmo objectivos. Petróleo, Diamantes, Cerco a países não alinhados aos interesses imperialistas dos EUA.

 

 

E que se perceba de uma vez por todas, que os objectivos não são, nem nunca foram de lutar por mais ou melhor democracia, por mais ou melhor qualidade de vida dos Angolanos. Nunca um pais Africano subserviente aos interesses de outros de outros países conseguiu efectivamente desenvolver-se, ou oferecer melhores condições de vida ao seu povo. (fonte)

Nas eleições de 2012 O chefe da missão de observadores da União Africana que acompanhou as eleições, o antigo presidente cabo-verdiano Pedro Pires, considerou que a organização do escrutínio foi “satisfatória”.Link sobre as eleições de 2012:https://www.publico.pt/mundo/noticia/eleicoes-decorreram-com-normalidade-em-angola-apesar-de-ameaca-de-impugnacao-da-unita-1561250Assumimos também a nossa intransigente defesa pelos direitos humanos, quando se trata de direitos humanos reais, e não de um pretexto para uma intervenção militar, (Iraque, Libia, etc…) ou um qualquer golpe de estado, com o propósito de favorecer a elite imperialista como tão bem, e infelizmente o povo Africano conhece.Agradecemos que, antes de começarem qualquer ataque, façam o favor de ler na íntegra. Tudo o que aqui expomos, é comprovado nos links que fornecemos.Aceitamos todas as opiniões, no entanto tudo o que aqui iremos referir de seguida, é devidamente fundamentado, e sugerimos a todos a fazerem a vossa própria investigação. É uma regra fundamental numa altura em que todos já percebemos o quanto a comunicação social é manipuladora, começarmos sempre por pensar que, se a comunicação social nos bombardeia com uma ideia devemos sempre investigar por nós próprios para podermos discutir fundamentadamente.A investigação que os administradores desta página (Acordar Portugal) efectuaram tem como único e simples objectivo mostrar a perspectiva real do que se passa com a situação em Angola, e dessa forma tentar entender o porquê da nossa comunicação social corporativa (e não só) estar tão empenhada em influenciar a opinião publica.Em Angola o caso Luaty Beirão é nitidamente uma tentativa de GOLPE DE ESTADO financiado pelo magnata George Soros e pela CIA, com o objectivo único, não de fomentar mais e melhor democracia, mas sim para terem acesso às riquezas do país como o Petróleo e os diamantes, Causar uma nova “primavera Arabe” com consequências nefastas tal como temos vindo a conhecer, na líbia, síria, Iraque, etc…1- George Soros.Para se entender tudo, é preciso saber quem é George Soros..George Soros é um magnata Húngaro-Americano que em 2012, era o 22º homem mais rico do mundo, com interesses em vários negócios, entre os quais Petróleo e Diamantes.George Soros é reconhecido internacionalmente como um dos maiores financiadores de golpes em vários países da América Latina, Africa, Europa e Ásia foi por exemplo um dos principais financiadores dos grupos de extrema direita em Maidan na Ucrânia.Link do financiamento do golpe de estado na Ucrânia: http://www.infowars.com/soros-admits-responsibility-for-coup-and-mass-murder-in-ukraine/George soros através das suas fundações (ONG´s) procura derrubar os governos africanos e aproveitar os recursos naturais, em nome da luta contra a “tirania e a corrupção.”Link de extrema importância em ser lido: http://archive.larouchepac.com/node/6584/printGeorge Soros que fez muito da sua fortuna com a especulação financeira financiou o Syriza e o podemos, por forma a destabilizar ainda mais o Euro, e assim aumentar ainda mais a sua fortuna.Link sobre o financiamento do Podemos e do syriza pelo George soros:Aqui: http://www.burbuja.info/inmobiliaria/politica/410464-syriza-grecia-financiada-george-soros-capullo-exporculador.htmlOu aqui: https://danipirata80.wordpress.com/2014/07/11/soros-detras-de-syriza-y-podemos/Link sobre reuniões entre funcionários de George Soros e funcionários do Syriza: http://hellasfrappe.blogspot.pt/2015/03/busted-secret-meetings-between-syriza.html2 – Sobre Luaty Beirão.A comunicação social tem feito enorme propaganda referindo de forma ligeira e manipuladora que Luaty Beirão e seus cúmplices, apenas eram meros contestadores do regime angolano e que eles simplesmente liam um livro.À primeira partida, não parece ser motivo para as medidas tão “duras” por parte do governo Angolano. Mas nunca nos foi explicado qual o livro e o que se passava para além disso.O livro de Gene Sharp é um manual de como derrubar governos e tem sido utilizado e disponibilizado pela CIA para causar o Caos das “primaveras árabes” o golpe de estado na Ucrânia, Libia Etc…Em algumas dessas reuniões foi gravado por um agente das secretas, onde se falam de 100 milhões de dólares de financiamento exterior para preparar o golpe, vídeo esse que aqui deixamos o link:https://www.youtube.com/watch?feature=share&v=YC7jsimNZ74&app=desktopVideo que explicam como funcionam os golpes segundo o próprio Gene Sharp:https://www.youtube.com/watch?v=fVq82tW6LdUEx-agente duplo, explica como a CIA usa o livro de Gene Sharp para derrubar governos:http://www.sul21.com.br/jornal/ex-agente-duplo-conta-como-a-cia-promove-guerras-nao-violentas-para-implodir-governos/Video de um “assassino Económico” da estratégia dos EUA em derrubar governos que não cedam aos interesses dos EUA:https://www.facebook.com/acordarpt/videos/559753680851649/2- A projecção mediática deste caso tem sido principalmente por um jornal MAKA ANGOLA, propriedade do jornalista Rafael Marques, é oficialmente (ex) funcionário de George Soros.Jornal este que tem sido subsidiado pela CIA, camuflada em Angola por uma ONG que existe em praticamente todos os países que têm sido alvo de golpes de estado com ingerência dos EUA.Estranhamos o facto de o Esquerda.Net (canal de comunicação do Bloco de Esquerda) ter como referência informativa e reunir com o agente financiado por George soros e pela CIA em Angola, Rafael Marques.Link sobre Rafael Marques: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rafael_Marques_(jornalista)Link de noticia sobre o financiamento do Jornal:http://club-k.net/index.php?option=com_content&view=article&id=10051%3Amaka-angola-recebe-doacao&catid=8&Itemid=1071&lang=ptLink sobre a ONG: https://en.wikipedia.org/wiki/National_Endowment_for_DemocracyNoticia sobre a Russia ter expulso a ONG, por esta agir como base da CIA: http://www.globalresearch.ca/why-russia-shut-down-national-endowment-for-democracy-ned-fronts/5466119Link sobre o papel da ONG financiar e apoiar a extrema direita Venezuela na tentativa de derrubar o governo bolivariano (recordamos que Venezuela é o maior produtor de Petroleo da America Latina:http://www.counterpunch.org/2014/04/25/the-dirty-hand-of-the-national-endowment-for-democracy-in-venezuela/Link de noticia do Esquerda.Net re reunião do bloco com Rafael Marques:http://www.esquerda.net/file/rafael-marques-reuniu-com-o-bloco-de-esquerda-esquerdanet3- No caso do Bloco de esquerda, vamos deixar por pontos algumas dúvidas.a) Porque motivo Bloco está tão interessado no caso de Luaty Beirão e por exemplo ignora completamente a situação em Espanha, (aqui mesmo ao nosso lado) em que por exemplo o Rapper Pablo Hásel foi condenado a 2 anos de prisão por simplesmente escrever e publicar na internet uma música?Link da noticia da condenação do músico: http://www.diarioliberdade.org/mundo/repressom-e-direitos-humanos/47365-pablo-hasél-condenado-a-2-anos-de-cadeia-pela-audiência-nacional-espanhola.htmlb) Desconhecerá o bloco de esquerda as ligações de Rafael Marques a George Soros, ao ponto de o ter como única fonte de informação em Angola, e reunir com o agente da CIA/Soros?Link de reunião do bloco com Rafael Marques:http://www.esquerda.net/file/rafael-marques-reuniu-com-o-bloco-de-esquerda-esquerdanetLink: no Google que mostra que tudo o que o bloco noticia no seu site esquerda.net tem unicamente como fonte de informação Rafael Marques:https://www.google.pt/?gws_rd=ssl#q=Rafael+Marques+esquerda.netc) Desconhecerá o Bloco de Esquerda os encontros e relações de George Soros com o Syriza e o Podemos? Será assim tão mais fácil qualquer um de nós chegar a essa informação, e os dirigentes do bloco não?d) Porque motivo a nível de internacional, o bloco está sempre do lado mais conveniente ou que interessa a George Soros?1- O golpe de estado na Ucrânia financiado por George Soros, o bloco de esquerda afirmava que o problema da Ucrânia era uma oligarquia corrupta, subjugada à ingerência Russa, defendendo assim, inicialmente o golpe de Maidan, que após a sua concretização, o bloco parece que mudou de opinião. “do fim do mal estar feito…”Ou como o bloco quis caracterizar “Do lado da Maidan: Foi um movimento popular, desafiante para todos os partidos por causa dos seus próprios métodos, que fez cair Ianukovitch: mais do que por causa da Europa, a Maidan mobilizou-se massivamente contra a “família” dominante, oligárquica e contra o curso cada vez mais repressivo e personalista do regime, temendo-se que uma integração dos projetos de Putin agrave estas derivas.”Link da pagina esquerda.net:http://www.esquerda.net/artigo/ucrânia-nem-tropas-russas-nem-fascismo-nem-instituições-euro-atlânticas/315982- A agressão militar à Líbia que o bloco votou favoravelmente com os votos de Marisa Matias, Rui Tavares e Miguel Portas e que mais uma vez o magnata George soros estava por de trás.Link da acta da votação do bloco no PE: http://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pubRef=-%2F%2FEP%2F%2FNONSGML+PV+20110310+RES-RCV+DOC+PDF+V0%2F%2FPT&language=PTLink de um artigo sobre o envolvimento de George soros na Libia: http://www.wnd.com/2011/03/278685/Nota final:Não pretendemos com isto acusar o bloco de esquerda de nada, apenas estamos a fazer uma constatação de estranhas coincidências, cada um faça a sua própria análise…Para concluir, quem concordar com a intervenção militar no Iraque, na Libia, ou com o Golpe na Ucrânia por exemplo, então que defenda a tentativa de golpe de estado em Angola. Quem estiver contra estes golpes só pode estar contra. Pois os métodos são idênticos, pagos pelas mesmas agências, exactamente com os mesmo objectivos. Petróleo, Diamantes, Cerco a países não alinhados aos interesses imperialistas dos EUA.E que se perceba de uma vez por todas, que os objectivos não são, nem nunca foram de lutar por mais ou melhor democracia, por mais ou melhor qualidade de vida dos Angolanos. Nunca um pais Africano subserviente aos interesses de outros de outros países conseguiu efectivamente desenvolver-se, ou oferecer melhores condições de vida ao seu povo. (fonte)

Anúncios