Angola e Portugal ou Isabel dos Santos: Capitalismo de Estado e Peculato: Nepotismo Cujo Contraponto é o Principal Partido de Oposição (UNITA) com um Passado e um Projecto Ainda Mais Sinistros

 
Bruxelas, 16 out (Lusa) – Um grupo de eurodeputados do Intergrupo Parlamentar para a Integridade e Transparência defendeu a investigação da compra da Efacec e de outros investimentos em Portugal pela empresária angolana Isabel dos Santos.
Um comunicado da delegação portuguesa no Grupo dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu, refere que quatro eurodeputados do Intergrupo Parlamentar para a Integridade e Transparência, incluindo a eurodeputada portuguesa Ana Gomes, pediram à Comissão Europeia, à Autoridade Bancária Europeia (ABE), ao Banco Central Europeu (BCE) e ao Grupo de Ação Financeira Internacional (GAFI) para que “averiguem, no contexto das suas competências, a legalidade da compra da empresa portuguesa Efacec pela Senhora D. Isabel dos Santos, filha do Presidente angolano José Eduardo dos Santos, face à legislação europeia anti-branqueamento de capitais”.
Anúncios