Pentágono Admite que Rebeldes Sírios que Formou Ajudaram Al-Qaeda

 

Os EUA atiram as culpas para os seus amigos.

“O Pentágono admitiu na sexta-feira que um grupo de rebeldes sírios, treinados nos EUA, entregou equipamento militar e munições a um grupo filiado na Al-Qaeda, a Frente Al-Nusra.

Lusa

MUNDO FRENTE AL-NUSRA

HÁ 7 HORASPOR LUSA

“Infelizmente, soubemos hoje (sexta-feira) ao fim do dia que a unidade das NSF (sigla em Inglês de Novas Forças Sírias) agora diz que, na realidade, entregou os seis veículos ‘pick-up’ e parte das suas munições à suspeita Frente Al-Nusra”, afirmou o porta-voz do Pentágono, Jeff Davis.
A surpreendente admissão contrasta com negações anteriores pelo Pentágono de denúncias de deserções e entrega de armas aos seus presumíveis inimigos por parte destes combatentes formados nos EUA para atacar o regime de Bashar al-Assad”.
uma vez mais o tiro lhe saiu pela culatra com a mania de serem eles a controlar tudo e todos
Os americanos, ingleses, franceses e alemães têem todos sangue nas mãos. Finalmente que os mais criminosos deste grupo admitam os seus erros já é muito positivo, mesmo que tardiamente. Continuo sem perceber o que são REBELDES MODERADOS? Só pode ser uma farça, tomam as pessoas de idiotas os governantes e os jornalistas que gozam com as pessoas ao deturpar o significado das palavras!
Gosto · Responder · 2 h
Rui Fernandes
Se alguém tinha dúvidas de que o problema da Síria foi fomentado pelos americanos ficou esclarecido, mas não é só da Síria que os americanos têm sangue nas mãos.
Gosto · Responder · 3 h
É uma clara verdade de que os EUA financiam terroristas e meia volta os combatem.
Gosto · Responder · 5 h
Anúncios