Cuba, Laticínios e a Propaganda Insidiosa

 
Hoje, a propósito de uma notícia sobre a participação de Fidel Castro numa conferência sobre a indústria leiteira, onde se discutia o retorno à qualidade dos laticínios da época anterior ao “Período Especial”, em publico online lê-se, obedecendo a uma estratégia de desinformação eficaz e maliciosa: ““nas épocas anteriores ao período especial” – uma referência ao funcionamento da economia antes da instauração do embargo comercial à ilha pelos Estados Unidos, há mais de 50 anos” (Público). 
Um pouco mais de sabedoria, senhores. “Período Especial”, por mais que vos desagrade, não consiste na era do socialismo em Cuba – começado em 1959 – mas é aquele período que durou até há pouco tempo e que começou em 1989 com o início da derrocada do mundo socialista europeu, com o qual Cuba mantinha uma grande parte das suas relações comerciais, políticas e científicas. O “Período Especial” é aquele no qual se juntou o desaparecimento do comércio com os países socialistas ao já existente embargo comercial norte-americano – iniciado em 1962, embora só mais tarde convertido em lei – e da União Europeia e avatares anteriores, com as consequências previsíveis.
 
 
Anúncios