Cartazes Anti-Religiosos na URSS (USSR) dos Primeiros Tempos – Sou Bezbozhnik

É preciso lembrar que mesmo na época de Estaline o culto religioso se mantinha e era praticado livremente, embora fosse mal visto pelo governo e pelos sovietes. Porém, a campanha anti-religiosa era omnipresente. Um dos problemas que se levantaria no caso, improvável, do fim dos cultos religiosos, seria o que fazer com as incontáveis obras de arte, incluíndo as igrejas e santuários, que estão entre as mais notáveis criações humanas. Seria colocá–las em continentes e conteúdos de museus como património artístico da Humanidade.   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios