Faz-me os Trabalhos de Casa – Mais Um Texto Antigo Cada Vez Mais Novo

 

Por que não? É só mais um negócio! Vende-se água engarrafada de nascentes e ninguém estranha. Aluga-se o corpo à hora e já é uma profissão. Os bancos e os Estados aplicam fundos em negócios incógnitos dos “off shores”, nos mesmos através dos quais traficantes de droga, de armas, de diamantes, de carne branca e negra transferem o dinheiro negro para investimentos branqueadores. Agora compram-se diplomas escolares, quando há muito que se paga por dissertações académicas. Mas não se pode comprar conhecimento pronto-a-usar, ou será que um dia se poderá mesmo?
«Grande notícia para os alunos. Motivo de preocupação para pais e professores. A partir de amanhã (quinta-feira) já será possível aos estudantes franceses recorrer ao site ‘faismesdevoirs.com’ sempre que estiverem às voltas com um exercício de Matemática ou com um trabalho de História.
O site funciona como uma loja online onde os estudantes do sexto ao 12.º ano podem submeter as suas questões e vê-las respondidas num período de 24 a 72 horas.
Na volta do correio, para além das respostas, os jovens clientes recebem a conta, sendo facturados ao ponto. Um exercício de Matemática, por exemplo, poderá custar 100 pontos (€5), um pequeno trabalho para História €10 e um ensaio com dez páginas €80. O estudante poderá recarregar a sua conta no site através do telemóvel ou investindo em cartões pré-pagos, para já à venda apenas na região de Paris.
Do outro lado da linha estarão actuais e antigos estudantes universitários, mas também alguns professores, garantem os promotores da iniciativa que tem tanto de criativa como de revolucionária, os quais receberão entre €15 e €45 à hora, em função dos resultados alcançados pelos estudantes.
O site foi criado pelo empresário, Stéphane Boukris, 25 anos, que no ano passado viu a empresa que ajudou a fundar – Staaff.fr – ser distinguida no prestigiado concurso da estação de rádio BFM.Sinal evidente de sucesso garantido, será a página promocional do ‘faismesdevoirs.com’ no ‘Facebook’ que já conta com mais de 500 fãs.»
Anúncios