O Actual Estado da Arte (em O Público)

Moscovo

Artista russo pregou os testículos ao chão da Praça Vermelha

Em protesto contra a “apatia da sociedade russa contemporânea”, Pyotr Pavlensky pregou os próprios testículos ao pavimento da Praça Vermelha, em Moscovo. Artista já tinha cosido os lábios
Texto de Ana Maria Henriques • 11/11/2013 – 11:39

 

Num acto de protesto marcante e doloroso, Pyotr Pavlensky decidiu pregar os próprios testículos ao pavimento da icónica Praça Vermelha, em Moscovo, neste domingo, 10 de Novembro. No centro da capital da Rússia, mesmo em frente ao muro do Kremlin, o artista defendeu a sua posição e aí se manteve, nu, durante cerca de uma hora.
De acordo com a Reuters, Pyotr Pavlensky estava em protesto contra “a apatia da sociedade russa contemporânea” e a possibilidade desta “indiferença” levar a um “estado de polícia”. A performance artística do russo coincidiu com o ”Dia da Polícia”, celebrado pelos oficiais das forças policiais.
Anúncios