Bradley Manning – Não Esquecer

Lembrem-se – escreve Monthly Review -, a questão não é só o casamento “Gay” mas o dissidente Bradley Manning, sete meses em solitária numa prisão dos Estados Unidos e agora condenado a uma pena de prisão por muitos anos por divulgar documentos confidenciais que incriminam a diplomacia e as forças armadas norte-americanas em práticas pouco condizentes com a luta pela liberdade tão propalada pelo governo e pelas agências do seu país.
Anúncios