Politicamente Incorrectos de Todos os Tempos e Grandezas – Jamais serão Esquecidos

Paris Fall-Winter 2009/10 Haute-Couture Fashion Week - Christian Dior Runway

Marx, por ter explicado que as coisas valem pelo trabalho humano. Por isso, os banqueiros e as vítimas da fome de conhecer gritam “Tod dem Marxismus”


Rousseau, por ter mostrado que a tecnologia não é sinónimo de Felicidade. O original, quando não corrompido pelos costumes, é melhor do que a versão tecnológica.


Marquês de Sade e Sacher-Masoch e Freud, pelo desmascarar da hipocrisia sexual, a vida e a morais duplas. Ainda é o que se passa, não julguem que não.

 

Immanuel Kant, por ter escrito que os pacientes mais calmos dos asilos para doentes mentais são os que se entretêm com os mistérios da Santíssima Trindade. Por isso, não se casou, e fez bem.

 

John Galliano, pelo direito a dizer disparates quando bêbado e incomodado por um grupo de senhoras judias às quais lhe apeteceu fazer judiarias. Deite a primeira pedra quem nunca insultou uma etnia ou a mãe do próximo quando chateado.

 

Sócrates por ter sido o primeiro a desmascarar o cinismo do discurso político. É verdade que neste mundo a verdade é o que faz menos sentido.

Anúncios