A Arte Não Torna as Pessoas Melhores – Um Quadro de Hitler

 Para um espectador inculto ou para um pintor de passatempo não está mal. Mas, se repararem bem, o desenho é rígido e estereotipado e os tons aplicados de maneira esquemática, como que seguindo mais um manual do que aquilo que vê. A personalidade do “artista” transparece nesta paisagem de género.

Anúncios